02 de agosto de 2017

download

É uma Igreja onde:

Se aprende, à luz do Evangelho e da realidade, a lutar contra os projetos de morte, a exploração, as injustiças e todas as formas de dominação e autoritarismo;
Se procura construir um mundo melhor, fazendo acontecer o amor e a solidariedade entre as pessoas;
Se luta contra o pecado, principalmente contra o pecado estrutural em sua organização social, política e econômica injusta – e suas conseqüências;
As pessoas assumem o Projeto de Jesus Cristo, que é fonte e meta da libertação;
Há uma comunidade consciente e as pessoas crescem na justiça, na fraternidade, libertando-se do egoísmo e da desunião;
O povo se torna profeta, anuncia a Boa Nova e denuncia todo tipo de injustiça;
A comunidade busca identificar-se com o ideal evangélico, busca a libertação integral do ser humano, a vida em plenitude para todos;
Se ouve com os ouvidos do coração a voz dos oprimidos e se coloca ao seu dispor, desencadeando uma ação que os anima, organiza e sustenta na luta;
Se apontam e se assumem os caminhos de libertação em Jesus Cristo, fonte, princípio e fim de toda ação libertadora.

Realiza-se quando:

Promove a solidariedade, a partilha, a defesa dos direitos e da dignidade humana, a acolhida, a ternura e a igualdade;
Vai ao encontro das causas dos problemas sociais, para superá-los;
Volta à originalidade da pregação de Jesus Cristo e se deixa guiar pelo Espírito de Deus;
Aprofunda e assume o Projeto de Deus;
Aprofunda o anúncio e a vida de Jesus Cristo;
Busca as motivações para agir de forma libertadora na força e sabedoria de Deus;
É feita de pessoas que assumem a causa dos pobres, das minorias, dos excluídos, dos injustiçados…

Anúncios