Pobreza e humildade para servir o Senhor

vila_noite_041016g

Érika Augusto

São Paulo (SP) – Após um longo dia, com muitas missas e bênçãos, a comunidade da Paróquia São Francisco, na Vila Clementino (SP), reuniu-se para celebrar a última missa neste dia dedicado ao seu padroeiro.

A missa foi presidida pelo ministro provincial, Frei Fidêncio Vanboemmel, e concelebrada por Frei César Külkamp, vigário provincial, Frei Valdecir Schwambach, pároco, Frei Carlos Nunes Corrêa, vigário paroquial, e Frei Raimundo Castro.

Como em todas as missas do dia, a assembleia estava repleta de fiéis, muitos acompanhados de seus bichinhos de estimação. Gatos, cachorros, passarinhos, todos participaram da celebração dedicada ao patrono da Ecologia e dos animais.

Em sua homilia, Frei Fidêncio destacou um versículo da Primeira Leitura, “Eis que durante a sua vida restaurou a Casa” (Eclo 50,1), e disse que este pensamento traduzia a vida do santo celebrado neste 4 de outubro, recordando o pedido do Cristo crucificado a Francisco de Assis. “Numa busca constante do Evangelho, num aprendizado contínuo que ele fazia a partir de Nosso Senhor Jesus Cristo, ele deu a sua contribuição. Restaurou a Igreja de Deus, não apenas a Igreja enquanto organismo institucional, mas restaurou esta igreja que Jesus Cristo sonhou”, afirmou.

O frade ressaltou que São Francisco, a partir da sua experiência, restaurou a Igreja de Deus e restaurou também a relação do ser humano com a Criação, recordando a Encíclica Laudato Sí, do Papa Francisco, sobre o cuidado com a casa comum. “Nós também, como São Francisco, queremos restaurar a Igreja de Deus, mas queremos restaurar também a casa comum de todos nós, de todos os valores da vida, de todos os princípios humanos, princípios cristãos”, pediu o frade.

Frei Fidêncio destacou duas características importantes da vida de São Francisco, duas virtudes evangélicas: a pobreza e a humildade. “São Francisco restaurou a Igreja através de uma vida simples, fazendo-se dia após dia, semelhante ao Nosso Senhor Jesus Cristo. Semelhar não significa apenas imitar os gestos, mas buscar no Evangelho os valores do Reino que nós também devemos viver no nosso tempo, nossa história e no nosso mundo”, afirmou.

O frade concluiu sua homilia dizendo que viver estes valores este é um grande desafio para os dias atuais, e convidou os presentes a buscarem, com São Francisco de Assis, este espírito de pobreza e humildade.
Ao final da celebração, Frei Valdecir, que conduziu sua primeira festa de São Francisco na comunidade, agradeceu toda equipe da paróquia, voluntários e funcionários, que colaboraram para o bom andamento desta festa, e pediu uma salva de palmas, que foi acompanhada com muitos latidos. Frei Fidêncio também parabenizou a comunidade pelo empenho, e agradeceu o trabalho do pároco, vigário e de todos os frades que auxiliam na paróquia.

http://www.franciscanos.org.br/?p=118030

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: